Quanto menos coisas, mais felicidade

Publicado no dia 19 de maio de 2016

imagem: http://www.des1gnon.com/
De certa forma, a grande maioria das pessoas deste planeta pensa que quanto mais, melhor, como se a felicidade estivesse diretamente ligada a possuir objetos.

Este conceito é implantado desde cedo. É possível observar que as crianças são expostas a uma grande oferta de produtos. Ter um exemplar ou dois não e é mais suficiente - é preciso ter a coleção inteira. E os adultos em sua angústia de dar felicidade, compartilham dessa aquisição.

Mesmo crescidos, o apelo à diversidade continua. Quantos relógios, sapatos, bolsas, celulares, batons... precisamos? Quem define este padrão? Poder comprar tudo é a única medida de sucesso na vida? É isso que se precisa para alcançar a felicidade?

Esta é uma questão inteiramente subjetiva e individual. Sendo assim, deixarei as perguntas para reflexão e continuarei de outro ponto. O que podemos pensar é que todos os objetos ocupam espaço, demandam organização e manutenção. Um simples livro na prateleira precisa ser limpo e vigiado por causa da umidade e traças.

Quanto mais coisas, mais para cuidar. Meu pai tinha uma expressão bastante certeira. ‘Quanto mais coisas você tem, mais problema tem também’! E isso vale para quase tudo. Pequenos objetos a bens duráveis. Mesmo uma grande relação de amigos requer dispêndio de energia e tempo para manter essas amizades.


Trabalhando com pessoas que se desorganizam e acumulam cronicamente, penso quando este comportamento se iniciou. Será que o ceder à pressão para consumir não está piorando estes quadros?

Acredito que sim, por isso proponho que as pessoas pratiquem a critica e o direito de escolha; observem o que desejam e o que trazem para sua vida; percebam se isso está realmente trazendo felicidade e qual a implicação de manter esses pertences.

Pratiquem a autenticidade e o desapego, quando necessário!

Viver leve é uma opção, e este caminho geralmente traz muita felicidade.

Deborah J. Williamson Passos
Psicóloga Clínica

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário. Sua opinião é importante para nós!

Fique por dentro das novidades

Digite seu endereço de email e fique por dentro das novidades!

O que você procura?

Contato:

suporte@desorganizacao.com.br
Telefone: 11 5524-2014

Destaques no blog

Subir