Você sabe quais profissionais ajudam a resolver o problema da Desorganização Crônica?

Publicado no dia 13 de fevereiro de 2019



Existem alguns profissionais que podem ajudar a resolver o problema da Desorganização Crônica. Como cada um atua e qual seu papel? O texto a seguir esclarece essas questões.
desenho de mãos esticadas e coloridas
Banco de Imagens Pxhere
Desorganização Crônica, como o próprio nome indica, é quando uma pessoa está desorganizada por um longo período e, por mais que tente, não consegue se organizar sozinha, e essa situação persiste prejudicando sua qualidade de vida. Necessariamente, a pessoa que se encontra cronicamente desorganizada não tem compulsão por aquisição, mas o fato de não conseguir se organizar traz ansiedade, vergonha e muito sofrimento.

A desorganização crônica não é uma categoria homogênea, existem várias causas e graus de dificuldade para serem trabalhados.

De início, quem tem problema de desorganização vai procurar um profissional de organização, o Personal Organizer, que avalia a situação e busca soluções. Em alguns casos, o Personal Organizer pode propor trabalhar com uma equipe de profissionais para organizar o ambiente. Ou, propõe um projeto trabalhando junto com o cliente, passando tarefas para que sejam completadas entre uma sessão e outra. Também, pode propor uma consultoria onde vai orientar o cliente como ele deve fazer a organização e, até mesmo, oferecer recursos para que o cliente desenvolva habilidades de organização, como palestras, oficinas e cursos.

Caso o profissional de organização identifique que, por trás desta desorganização existem aspectos psicológicos, deve orientar o cliente a buscar um profissional da saúde mental, e que normalmente é o psicólogo.

O Psicólogo pode contribuir na diminuição da desorganização crônica, ao identificar o funcionamento do indivíduo e o que está contribuindo para manter a desorganização, como por exemplo: a dificuldade de gestão de tempo, de delegar, de colocar limites, de controlar impulsos... e trabalhar esses aspectos em terapia. O psicólogo vai também identificar e trabalhar aspectos como apego excessivo, ansiedade, depressão. Quando necessário, o psicólogo indica que esse paciente procure outros profissionais da saúde, como o Psiquiatra ou Neurologista.

O Psiquiatra e o Neurologista, em sendo médicos, irão fechar o diagnóstico através de consultas e exames clínicos e indicar o tratamento adequado e que pode ser medicamentoso ou terapêutico.
Foto de uma pílula
Banco de Imagens Pxhere
Quero destacar que só o médico está apto a receitar remédios e, preferencialmente, deve-se procurar o médico especialista na área em questão. Nem o psicólogo e, muito menos, o profissional de organização podem indicar remédios.

Não existe remédio para fazer uma pessoa ser mais organizada, pois é uma habilidade complexa que implica vários aspectos físicos, mentais e psicológicos do funcionamento do indivíduo. Os remédios ajudam em questões específicas, tais como diminuição de ansiedade, aumento da atenção ou diminuição da depressão.

Cada profissional tem um saber específico e uma forma de contribuir. Quando os profissionais contratados trabalham em contato entre si, o aproveitamento é bem melhor.

No entanto, é o indivíduo que está em situação de acúmulo ou desorganização crônica o principal responsável por buscar soluções e comprometer-se com as mudanças.
A ajuda pode vir de fora, mas a mudança vem de dentro!  
foto de duas pessoas pulando de felicidade, ao pôr-de sol
Banco de Imagens Pxhere
Desenvolver novas habilidades requer consciência e determinação. Sim, é possível a mudança e os resultados realmente valem a pena, pois a vida fica bem melhor e mais leve!

Caso precise de ajuda ou conhece quem precisa, envie-nos uma mensagem para o e-mail: suporte@desorganizacao.com.br 
Meu grande abraço,
Deborah J. Williamson Passos

Quer resolver seu problema com a desorganização?

Publicado no dia 2 de agosto de 2018


O quanto a desorganização tem prejudicado sua vida? Já tentou resolver o problema e não conseguiu? Saiba que existem ferramentas que ajudam você nessa sua dificuldade em se organizar. É o que vou explicar nesta postagem. Acompanhe!


imagem de uma mulher com problemas de desorganização


Se a desorganização tem acompanhado você por anos, lhe prejudicado e, mesmo tentando, não conseguiu resolver o problema, provavelmente você é um desorganizado crônico.

Mas, não se desespere! É possível mudar esse quadro; identificar as causas de sua dificuldade de organização; e desenvolver recursos pessoais para que a desorganização diminua sensivelmente ou até mesmo deixe de existir.

E é isso que Yolanda Hollaender, Consultora e Profissional de Organização e eu, Deborah J. Williamson Passos, Psicóloga Clínica especializada em Neuropsicologia, estamos preparando para você:

Uma Oficina aplicada em duas etapas, na qual iremos levar você da conscientização do problema até o desenvolvimento de estratégias para o enfrentamento da desorganização.

Estamos fundamentando esta Oficina em nosso conhecimento e experiência com pessoas cronicamente desorganizadas e acumuladores e, também, no método desenvolvido por David F. Tolin, Randy e Gail Stekette, pesquisadores americanos que trabalham com acumuladores e que desenvolveram um bom material para ajudar na mudança de comportamento - esse método está sendo utilizado em várias cidades dos Estados Unidos.

Oficina 'Adquirindo Controle Sobre a Desorganização'

Tem como público-alvo as pessoas desorganizadas, que não conseguem lidar com o problema sozinhas.

A oficina é aplicada em duas etapas e iremos levar você da conscientização do problema até o desenvolvimento de estratégias para o enfrentamento da desorganização. Serão seis encontros em cada etapa, de duas horas semanais, em grupo, com exercícios práticos. Na primeira etapa focaremos mais na questão da consciência e na segunda na organização em si.

Mudança de atitude requer verdadeira consciência do problema, motivação e estratégias - essa é nossa proposta.


Imagens de atividades nas Oficinas de Suporte aos Problemas de Desorganização
Conteúdo da Primeira etapa:
  • Identificação de características do desorganizado crônico, acumulador e comprador compulsivo.
  • Como é a história de minha desorganização e quais fatores estão presentes neste comportamento.
  • Conhecendo os vilões da organização e do acúmulo.
  • Tendo contato com as ferramentas contra a desorganização.
  • Encontrando motivação e comprometimento para a mudança.
Conteúdo da Segunda etapa:
  • Desenvolvendo um plano de enfrentamento individualizado.
  • Aprendendo a utilizar as ferramentas de organização.
  • Enfrentando os vilões que apareceram no processo.
  • Compartilhando os resultados obtidos.
  • Retomada de compromisso com a organização e desenvolvendo estratégias de longo prazo.
Esse material é pioneiro no Brasil e esperamos poder ajudar várias pessoas que sofrem com sua desorganização por um longo período.

Tendo interesse, ou conhecendo alguém que precise de suporte aos problemas de desorganização, é só preencher o formulário, clicando no link: http://bit.ly/2vcW1GL - as vagas são limitadas.

Já estamos formando o 1º grupo deste novo projeto, com início previsto ainda para este mês de agosto. Faça a pré-inscrição para a Oficina, ou recomende, compartilhando esta publicação!

Um grande abraço.

Fique por dentro das novidades

Digite seu endereço de email e fique por dentro das novidades!

O que você procura?

Contato:

suporte@desorganizacao.com.br
Telefone: 11 5524-2014

Destaques no blog

Subir